HAIRDRAMA

Monthly Archive: março 2014

segunda-feira

31

março 2014

2

COMMENTS

Gabriel Ramos ensina a make da Eva e Bárbara da série DoAmor

Written by , Posted in LOOKS

Captura de Tela 2014-03-31 às 15.26.12

Captura de Tela 2014-03-31 às 15.26.12Nosso querido maquiador da segunda temporada da série DOAMOR , Gabriel Ramos, nos convidou para fazer um tutorial mostrando o passo a passo da maquiagem de Eva e da Bárbara. Nós topamos, claro! Temos um carinho enooooorme por essa série, e por nossas personagens, tão diferentes entre si e muito diferentes de nós mesmas também. Diana não é tão romântica quanto à Bárbara e Julia não é tão atirada feito à Eva. A gente brinca dizendo que a Diana seria uma mistura de Lulu e Bárbara e Julia uma mistura de Lulu e Eva.  Mas quem diria que elas (Bárbara e Eva) que mal se comunicavam na série, seriam responsáveis por nos aproximar (Diana e Julia) a ponto de ficarmos tão amigas e identificadas e criarmos esse blog juntas. A gente sofria muito com os nossos cabelos… Passamos a série inteira retocando cor e corte, fazendo tratamentos  e tentando nos reconhecer dentro dessa nova concepção capilar. A gente sabe que quando se muda o cabelo, tudo muda junto também. Foi daí que tivemos a idéia de criar esse blog.

Bom, aqui está o vídeo apenas da maquiagem, o Gabi fez o que seria o “tema” de cada uma: A marca da Eva é sempre o batom em tons de vermelho, e a da Bárbara é o tom rosa predominando a maquiagem. No resto da série ele foi fazendo variações disso.

Gente, o vídeo tem momentos estranhos, com barulho de vento, num determinado momento tem barulho de uma obra, variações de luz que incomodam um pouco, e uma certa bagunça no nosso “cenário”. A gente gosta que o vídeo seja bem informal, que é a cara do nosso blog, mas prometemos que vamos melhorar a qualidade dele; esse tipo de problema a gente não quer. Assistam, curtam e compartilhem! Continuamos na torcida para que Do Amor volte com força total!

-

quinta-feira

27

março 2014

0

COMMENTS

HAIRDRAMA no lançamento carioca da coleção inverno 2014 da EVA

Written by , Posted in HAIRDRAMA BADALANDO

P1050974

O HAIRDRAMA foi ontem dar uma pinta no lançamento da coleção de inverno da loja EVA, versão feminina da marca Rerserva. Eram muitos amigos, gente estilosa, música (DJ Giordanna Forte arrasou na música!), Chandon, moda (Priscila Barcellos arrasou na coleção!), quer dizer… muita badalação (Sayo arrasou no evento!). E é claro ficamos de olho nos cabelos, e o coque continua sendo um dos favoritos, mas o campeão ainda é o cabelo solto, só que ao natural, sem escova ou chapinha (visíveis). A ditadura do liso está quase no fim, yeah!!! Confira tudo nas fotos!

quarta-feira

26

março 2014

0

COMMENTS

HAIRDRAMA no American Hustle ou Os Carecas Charmosos

Written by , Posted in HAIRDRAMAS

bruce-willis-04

Olha, nós ainda não vimos o filme American Hustle (Trapaça) e estamos loucas pra ver, nossos amigos estão assistindo e lembrando da gente, na verdade do blog, todo mundo vem dizer que o personagem do Christian Bale (amamos!) vive um HAIRDRAMA na cena de abertura. Nós não aguentamos esperar e já vimos a cena separada e realmente tem tudo a ver, isso é que é um verdadeiro HAIRDRAMA, o resto é frescura, rs! Sério esse look do personagem é um look comum entre vários homens de meia idade que não conseguem assumir a carequice. Então a idéia é deixar crescer um pouco de cabelo que ainda resta e fazer uma “obra de arte” na cabeça. Bom estamos aqui pra dizer, homens assumam a sua calvície! Abaixo implantes, perucas, sprays e etc.. O que importa é o charme e tem muito careca charmoso! Nos inspiramos e fizemos uma seleção de carecas prá lá de charmosos, aproveitem!!

segunda-feira

24

março 2014

0

COMMENTS

Tranças express – HAIRDRAMA no DREAMDRY

Written by , Posted in HAIRDRAMA VIAJANDO, LOOKS

pickerimage-4

Por Diana Herzog


Esse post é só alegria! Um: eu reencontrei uma grande amiga da escola depois de anos. Dois: conheci um lugar fantástico onde fazer um penteado nunca foi tão simples e acessível. Três: conseguiram fazer uma trança no meu cabelo! Quatro: a trança ficou surpreendentemente fofa!

pickerimage-3

Vamos do início, quando comprei a minha passagem pra NY, já mandei uma mensagem pra Roberta perguntando o que estava rolando de mais interessante em NYC. A Roberta é uma super amiga que conheço desde os 15 anos e de lá pra cá ela passou por vários trabalhos ligados ao mundo da moda, e hoje ela é responsável pela parte online de um dos jornais de moda mais importantes dos Estados Unidos, o Women’s Wear Daily – e eu sou só orgulho dela! Bom, foram várias dicas, mas a que me animou mais foi essa nova mania de “Blowbars” e “Braidbars” (tipo um bar pra escova e trança), um salão aonde não se corta, não faz unha, etc…  é especializado em penteados, penteados expressos. Alguns só fazem escovas, outros como o que ela me levou, o DREAMDRY faz escovas, penteados e tranças. Você pode lavar o cabelo lá, sai um pouco mais caro ($50), mas pode lavar o cabelo em casa e chegar só pra fazer o penteado – o que vale muito a pena. Nós pagamos $30 cada uma pra fazer as nossas tranças. Você pode marcar a hora pela internet ou pelo telefone, e é só chegar e 20 minutos depois sair linda, pronta pra badalar (o nosso levou um pouco mais de 20 minutos, fazer tranças no meu cabelo é uma tarefa nada fácil, rs!). O que eu achei mais interessante, principalmente se tratando das tranças, é que você pode fazer um trança super diferente, que não tem cara de casamento ou festa de gala, e sair pra uma festinha mais relaxada e arrasar no look, sair super estilosa.

O DREAMDRY funciona assim: você chega e eles já te oferecem champagne, e te dão um ipad que é na verdade um menu de penteados. Cada penteado tem um nome, o que eu escolhi foi a Bianca, e você vai passando até achar o que você gostou, claro que referencias de casa são sempre bem vindas. Você pode também esperar o seu stylist pra escolher juntos, foi o que eu fiz, porque não sabia nem se seria possível fazer uma trança no meu cabelo. E pronto, você senta, bebe um pouco de champagne, conversa com as amigas enquanto espera por tranças “express”. Quem me atendeu foi a Charlie, ela é uma graça e fez milagre no meu cabelo.

Ah! Esqueci de falar, que NYC também está com uma febre de dry shampoo (shampoo seco) um spray que tira a oleosidade do cabelo. Que é a primeira coisa que colocam no seu cabelo quando você chega com ele lavado. Além do shampoo seco, a Charlie usou em mim, um spray que dá textura pro cabelo, que é perfeito pra fios fininhos como o meu que ficam soltado o tempo todo e por último ela finalizou com um hairspray.

P1050878

Oribe é a marca que o Dreamdry usa, esses foram os produtos que a Charlie usou no meu cabelo.

Eu achei tudo lindo! Paguei $30, me diverti, bebi um pouco de champagne, comi hershey kisses (um chocolate bem Americano) e saí com uma singela coroa de trança que durou até o dia seguinte (eles dizem que você pode dormir e acordar que as tranças permanecem e foi o que aconteceu comigo). Quem for pra NY e tiver tempo, eu super indico o DREAMDRY, e se realmente for, tira uma foto do resultado e compartilha com a gente no HAIRDRAMA: todo mundo tem!

pickerimage-4

domingo

23

março 2014

0

COMMENTS

domingo

23

março 2014

0

COMMENTS

Flores entre fios

Written by , Posted in hairdrama: todo mundo tem!

DSCN9159

Para quem não tiver uma coroa de flores, é só colocar florzinhas entre os fios do cabelo, fazendo um coque ou quem tiver cabelo comprido uma trança e colocar as flores. fica lindíssimo!!!

Por: Fabíola Celina (mais…)

sexta-feira

21

março 2014

1

COMMENTS

Coroa de flores

Written by , Posted in hairdrama: todo mundo tem!

lalala

Adorei o post que as meninas fizeram sobre a coroa de flores , e resolvi criar a minha …me inspirei muito nelas para fazer , e amei o resultado , foi muito fácil e pratico de fazer , e farei mais … beijo Diana e Ju :)

Por: Samara Soares (mais…)

quinta-feira

20

março 2014

0

COMMENTS

3 em 1. Um post meio solto.

Written by , Posted in LOOKS

Esse post é para falar sobre três coisas. É quase como se eu tivesse pensando alto. É um post simples e rápido sobre duas coisas que me chamaram a atenção e uma coisa que me incomodou. Assunto: cabelo, óbvio! Então vamos lá:

tigi-session-series-salt-spray Coisa 1 (a que me incomodou): Bom, a Diana trouxe de viagem para mim, o spray de sal que eu tanto queria e pedi. Há tempos que estava louca para ter um desses. Amo aquele visual de cabelo meio ondulado, sujinho, pós praia (que nunca fico, pq nunca vou a praia). E aí esse tal “Salt Spray” veio para criar esse look, sem que você precise dar um mergulho no mar. Ou sem que você precise “roubar” num potinho um pouco da água salgada pra levar pra casa. Ps: No caso das nossas praias cariocas poluídas isso é até  bem  nojento, pq vc imagina o que não vem junto com essa água… além do cheiro, que não é gostoso e perfumado e que fica no seu cabelo o dia inteiro. Eu já roubei uma vez e não deu nada certo. Bom, então agora eu achei que estava tudo resolvido, o cabelo que eu queria, com apenas algumas “sprayzadas” daquele tubo lindo preto, vindo direto de New York. E com um cheiro maravilhoso. Só que a vida não é fácil né gente… e o meu cabelo menos ainda, então esse meu encontro com o Salt Spray não foi tãaaaao feliz assim. Talvez o erro tenha sido meu, eu comecei a usá-lo como se fosse um leave in (que idiota). A primeira vez que passei, meu cabelo ficou lindo, do jeito que eu queria: ondulado pós praia, então eu comecei a  passar toda a vez que eu lavava, como um leave in mesmo, para dar a forma do ondulado. Lógico que em 6 dias meu cabelo estava mega ressecado, lindo de longe, mas de perto parecia uma vassoura de piaçava. Mas era óbvio né, a pior coisa pro cabelo é o sal, e esse spray é praticamente só SAL! A conclusão que eu cheguei: o spray realmente funciona, deixa um aspecto de “cabelo lindo acordei assim”, mas ele tem que ser passado muuuito de vez em quando, e depois de aplicar um leave in.

 

Captura de Tela 2014-03-20 às 15.10.19 coisa 2: Uma amiga postou isso no facebook, e eu achei a proposta diferente, legal e divertida. Adoro a comuna e tudo o que acontece por lá. Aqui vai:

CUT YOUR HAIR
Sabe todas aquelas vezes que você foi ao cabeleireiro e saiu dizendo que não era bem o corte que você queria, que não saiu do jeito que você tinha imaginado, e você apresentou referência, explicou tão bem, mas a franja ficou curta e atrás muito comprido e de repente você parece o Bill Maher?

Então. Apresentamos uma provável solução.

Aqui você só sai de mullet se você quiser.

Dia 22 e 23 (Sáb e Dom) a Comuna recebe dentro da Casamata o projeto CUTYOURHAIR, cortes diferenciados pela bagatela de R$ 50.

Você pede, quem corta seu cabelo faz sugestões, vocês trocam, a coisa acontece, fios caem pelo chão. Tudo pela tentativa de traduzir o mais aproximadamente possível sua intenção e apresentá-la na realidade.

 

Captura de Tela 2014-03-20 às 15.13.58 coisa3: O Greenpeace lançou um vídeo, fazendo uma paródia de um comercial da marca Head and Shoulders. Eles afirmam que a empresa PeG, responsável pela marca, segue firme com sua indiferença com relação à exploração predatória e destrutiva das florestas tropicais, comprando óleo de palma de fornecedores e produtoras reincidentes em crimes ambientais. O vídeo paródia é bem engraçado, segue o link:

Vídeo Greenpeace

 

segunda-feira

17

março 2014

3

COMMENTS

HAIRDRAMA no Brooklyn – mercado, cerveja, boliche e claro corte.

Written by , Posted in HAIRDRAMA VIAJANDO

P1050793

Por Diana Herzog


Esse post eu escrevo com a maior animação, porque foi realmente onde eu mais me diverti nessa viagem que fiz. Fiquei em Manhattan, mas fui pro Brooklyn duas vezes, pra Williamsburg pra ser mais específica. Minha prima Fernanda Polacow, que é super “in” das paradas disse que eu tinha que ir lá conhecer, que na verdade eu tinha mesmo é que ficar por lá e não em Manhattan, essa última dica eu não segui, mas da próxima vez é certo que é por lá que ficarei. Williamsburg é uma graça, clima de cidade pequena com estilo, não tem nenhuma loja grande tipo H&M, Zara, etc… (pelo menos não por onde eu passei e pra deixar claro que não é que eu não goste de lojas grandes, mas é bom dar uma respirada e ver novidades). São boutiques, lojas com cara de que os donos são todos artistas, tudo super estiloso e charmoso. Esse post é um mini guia, uma sugestão do que fazer por lá se você tiver apenas um dia, e se esse dia for sábado ou domingo. Então aí vai!!! Ai que saudade que bateu agora!

Ah! Só mais uma coisa, vocês vão ver que no vídeo eu estou o tempo todo acompanhada de um homem, moreno, alto e charmoso, bom esse é o meu marido, rs! E inclusive ele é que vai estrelar a parte HAIDRAMA, num corte muito do bem feito no barbeiro da esquina. Ele é ator também, chama Luiz André Alvim, e se prestarem bem atenção, mas assim bem bem mesmo, alguns que acompanharam a novela Sangue Bom, talvez o reconheçam, mas não é tarefa fácil viu, porque ele fez uma personagem muito bem caracterizada. Só digo uma coisa, era um travesti, rs!

1. Brooklyn Flea e Smorgasburg (juntos): o primeiro é um mercado de pulgas bem hipster, que tem de tudo um pouco – vinil, quinquilharia, casacos, artesanato, móveis – é enorme! Vende coisas antigas e novas. Lá dá vontade de ter um casinha perto ou um container pra mandar pro Brasil, porque eu queria levar tudo pra renovar a nossa casa. O Brooklyn Flea durante o inverno acontece “indoors” e no resto do ano do lado de fora. Tem tudo explicadinho no site. E o segundo é um mercado de comidas, estava tudo tão apetitoso que decidimos almoçar lá dentro. São várias barraquinhas com comidas de diferentes regiões do mundo e de diferentes especialidades. O André comeu um prato venezuelano e uma salteña (Bolivia)e eu comi um grão de bico com polenta maravilhoso por $9, sim eu disse $9!!!! Alias o que mais tem em NY são lugares baratos e gostosos.

P1050793 2. Brooklyn Brewery: é umas das maiores cervejarias artesanais dos Estados Unidos, senão a maior. E é o maior barato, nós fomos duas vezes, uma num domingo, que é quando aquele movimento todo do video acontece – aos  sábados e domingos – e depois fomos na terça fazer um tour pela cervejaria com direito a degustação de algumas cervejas, e uma taça brinde. Esse tour é bem disputado, a reserva tem que ser feita com umas duas semanas de  antecedência, e custa baratinho – $10 por pessoa. Mas só de passar lá pra beber e ver o movimento já é um programa delícia. É um lugar onde as pessoas vão para socializar, beber, enfim… se divertir. Observação sobre o video: vocês vão ver que eu falo com toda a certeza do mundo que cerveja que o André tá bebendo é a Sorachi Ale, mas falei errado, o nome é Sorachi Ace, fiquei por uma consoante, rs!

 

IMG_04663. Brooklyn Bowl: do lado da Brooklyn Brewery fica o boliche mais divertido que já fui e olha que eu adoro boliche. É praticamente uma balada. Nós fomos cedo e mesmo assim estava bombando, mas acho que mais tarde a coisa fica realmente boa. É uma casa de show, bar, boliche e restaurante. Tem um palco com um pista de dança, um bar animado e um DJ tocando um som enquanto você joga. A boa é ver com antecedência a programação das bandas e tentar pegar num dia de um show bacana. Fiquei com essa vontade, agora tenho que voltar logo, rs! E também, como todo boliche, quanto mais gente for jogar, mais em conta sai porque se paga pela meia hora. Acho que é $24, nós íamos só jogar 30 minutos, mas quando vimos… o tempo passou… o tempo passou… nos divertimos muito!!!

4. The Corner Barber: em português – o barbeiro da esquina, foi um achado pra gente! Estávamos atrás de um lugar pro André cortar o cabelo desde Miami, mas não rolava nenhum. Passamos na porta desse barbeiro no domingo, eu achei uma graça, tem um estilo meio cool, trendy, tentamos um horário pra cortar ali agora, mas não deu, tinha que ter marcado com antecedência. Na terça passamos na porta de novo e resolvemos entrar, e pronto! Demos sorte, tinha um cara disponível e foi assim de repente, quando vimos o André já estava de cabelo cortado. O Sam foi o responsável pelo corte, não é dos mais simpáticos, mas sinceramente pra fazer o corte que ele fez no André tá valendo! Eu nunca vi o cabelo dele tão bem cortado, fiquei felicíssima! E mais importante, ele também. Por $30 eu sai dali com um marido mais charmoso ainda, e um super post pro HAIRDRAMA.

Gente só uma coisa, Williamburg é o lugar!!! Obrigada Fernanda!

 

sexta-feira

14

março 2014

0

COMMENTS

Para cada tom de pele, um tom de ruivo.

Written by , Posted in LOOKS

julia gorman

Quantas vezes vocês já não ouviram falar que cabelo ruivo só fica bem em quem tem pele branquinha? Eu, Julia, já ouvi isso 700 mil vezes, falam assim: “Nossa, que lindo esse seu ruivo, ah mas também você é branquinha né, só assim pra ficar bom.”  O que acontece é que as pessoas acham que só existe um tom de ruivo para todos os tons de pele, quando na verdade existe uma infinidade de tons de cobre, um mundo inteiro de vermelhos. O desafio consiste em achar que tom se harmoniza mais com o tom da pele de cada uma. Pesquisando por aí, a Diana achou um matéria da Revista Allure, falando exatamente sobre isso, e provando por A + B, que isso tudo é pura falácia, que o sonho de ter o cabelo vermelho pode ser realizado por qualquer uma de nós! Fizemos aqui uma rápida seleção de algumas atrizes ruivas brasileiras e colocamos o link da Revista Allure para vocês verem os exemplos que eles dão.

Link: Revista Allure