HAIRDRAMA

moda Archive

sábado

7

fevereiro 2015

0

COMMENTS

Cut by Fred – Um site que amamos!

Written by , Posted in LOOKS

images

Nas nossas muitas  pesquisas por esse mundo vasto e infinito que é a internet, damos de cara com os sites/blogs mais inusitados da rede. Mesmo estando focadas no assunto cabelo, ainda assim são muuuitas as referências. Estamos falando de um assunto que, em diferentes graus, interessa a todos.

Bom, tudo isso para dizer que o blog que a gente mais AMA é o Cut By Fred . Quem nos apresentou esse blog foi a Elisa Faulhaber, uma amiga figurinista e antenada.

O Fred é um hairstylist francês, diga-se de passagem BEM GATO, que tem o site mais transado de todos. Seus vídeos são mega bem produzidos, com trilhas maravilhosas, e quase sempre mostram um antes e depois, ou seja, um “antes dele tocar no seu cabelo” e um “depois dele tocar no seu cabelo” rs. Além de cortar super bem, ele também tem várias dicas de penteados.

Como ele mesmo descreve no “About” do seu blog, depois de trabalhar um tempo com cinema e moda, ele quis criar um espaço mais autoral e pessoal, onde pudesse falar mais livremente sobre sua visão de beleza. Ele diz:  “o que fala é o cabelo, tenho a impressão que tudo passa pelo cabelo e que ele deveria governar o mundo” e depois segue: “ok, estou exagerando” hahaha. Bom, nem precisamos dizer que a gente adorou esse exagero :)

Aqui alguns vídeos dele. Foi super difícil escolher, são todos maravilhosos. Selecionamos um no estilo “Antes/Depois” e três tutoriais incluindo um penteado da série “Games Of Thrones”. No blog tem muito mais.

Quisemos postar aqui, porque além de querer dividir essa pérola com vocês, a gente acha que pode ser um ótimo lugar de referências de corte, cor e penteados.

Então, voilá!

cutbyfred.com

Antes/Depois – Lisa et son mini-carré

Tutorial – Tresse-noeuds ou quelque chose comme ça

Tutorial – After summer

Tutorial – Coiffe Game of Thrones

 

 

 

 

 

 

-

sábado

31

janeiro 2015

0

COMMENTS

TUTORIAL HAIRDRAMA: trança escama de peixe.

Written by , Posted in LOOKS, Tutorial

http-::www.samvilla.com:how-to:tips:dont-let-your-fishtail-braid-be-ordinary#.VMzN6Vb_Rg0

Mais um tutorial com a talentosa Loeni Mazzei, dessa vez a nossa modelo é a Priscila Assum, amiga e super colaboradora do hairdrama, já mostrou pra gente como fazer um coque com lenço super fácil, quem quiser aprender clique aqui.

Além do vídeo fizemos uma seleção de tranças escama de peixe, para dar uma inspirada na hora de fazer o penteado.

Queremos saber quem é que vai conseguir fazer igual depois do nosso tutorial, hein!

workoutfits.org

1. workoutfits.org

www.samvilla.com:how-to:tips:dont-let-your-fishtail-braid-be-ordinary#.VMzN6Vb_Rg0

2. samvilla.com

www.glamour.com:lipstick:2014:05:braids-and-braided-hairstyles-to-try-this-summer:9

3. glamour

www.glamour.com:lipstick:2014:05:braids-and-braided-hairstyles-to-try-this-summer:8

4. glamour

www.glamradar.com:easy-braided-hairstyles:fishtail-braids:

5. glamradar.com

www.blog.freepeople.com:2013:03:hairstyle-love-ponyfish:

6. blog freepeople

www.blog.freepeople.com:2013:03:hairstyle-love-ponyfish:

7. blog freepeople

quarta-feira

28

janeiro 2015

5

COMMENTS

Keune So Pure – Menos química e mais saúde.

Written by , Posted in DESATANDO OS NÓS, PRODUTOS

sopurekeune

Por Diana Herzog

sopurekeuneDurante um mês usei o So Pure Color Care Shampoo e Condicionador da Keune, e nesses 30 dias senti meus fios agradecidos e felizes.

Esperei tirar a tinta fantasia do cabelo para poder ter uma experiência válida com a linha So Pure da Keune. Digo válida, porque essa linha se propõe a ser “Eco Friendly” – produtos com menos toxinas, menos prejudiciais à natureza e ao nosso corpo (digo corpo, porque o que usamos não afeta apenas nossas madeixas, e sim nosso sistema todo, fizemos um post sobre “slow beauty”,  quem tiver interesse, clique aqui). “Todos os produtos são livres de parabenos e sulfatos, não possuem fragrâncias ou corantes artificiais, nem materiais de origem animal” (citação do próprio site da marca) Então, gente, como é que eu podia experimentar uma linha com uma composição mais leve e natural, colocando tinta rosa (acho que é o produto mais sinistro das químicas) toda semana no cabelo? rs! Não seria justo.

Com o cabelo de volta “ao normal” o So Pure entrou na minha rotina, e já no primeiro dia de aplicação estranhei um pouco o contato com ambos – shampoo e condicionador. Deixa eu explicar melhor, todos os shampoos que vendem por aí, dos mais baratos aos mais caros, TODOS, contém SODIUM LAURETH SULFATE (Lauril ou Laureth Sulfato de sódio), que é digamos o pai da espuma, o responsável por gerar toda aquela brancura cheirosa que nos faz achar que estamos lavando e hidratando os nossos cabelos. Então, esse tal de Sodium Laureth Sulfate, é um horror! Já foram feitos mais de 16,000 estudos sobre o “SLS” e todos revelam problemas, por exemplo: irritação na pele e olhos, toxicidade em órgãos, neurotoxicidade, problemas endocrinólogicos, possíveis mutações, câncer, entre vários outros, essa página tem mais informação ou você pode ir direto para o google, e o retorno da busca é assustador, não salva um, rs!

Captura de Tela 2015-01-26 às 17.57.19

Uma listinha pra ajudar na hora de ler a composição de um cosmético. :)!

Voltamos ao shampoo,  então quando o “SLS” é tirado de um produto como o shampoo, precisamos dizer “bye bye” espuminha, e alou nova sensação! Dependendo do produto e do grau “Bio” (orgânico) às vezes nem espuma faz, o shampoo So Pure, por exemplo faz pouca espuma. E pra gente que está acostumada a cobrir a cabeça de branco, é realmente muito estranho, a sensação é de que não tem suficiente, de que precisamos colocar mais e mais, mas NÃO PRECISA, é assim mesmo – menos química. A espuma é coisa bonita pra gente ver e sentir, mas não tem nada de bom, então fica a dica. Imagino que alguém com muito cabelo, talvez tenha um pouco mais de dificuldade de adaptação, mas se fosse eu insistiria na mudança :) – por cabeças mais saudáveis.

O Condicionador é a mesma coisa, não faz aquela camada envolvente que super escorrega nos fios, mas o condicionador So Pure escorrega, digo isso, porque já usei um condicionador xiita dos orgânicos e a sensação era realmente muito estranha, como se cabelo ficasse mais duro, rs, to falando que é estranho no início, rs! Mas gente, o momento de mudança é agora, temos vivências com produtos que são uma delícia de usar, mas que nos fazem muito mal sem que percebamos, então costume e adaptação vem com o tempo e perseverança, rs!

O cheiro dos dois é uma delícia, um cheiro de bom gosto sabe, me lembra massagem com óleos num spa, apesar deu nunca ter feito massagem com óleos num spa, rsrs! Mas é a sensação que deu, gostei muito!

Dito isso tudo, o que mais importa é o resultado! Estou muito satisfeita! Meu cabelo ficou bem bom, com brilho, com um pouco mais de peso, e com os fios soltinhos. A impressão é de mais saúde, acho que se cortasse meu cabelo, faria mais diferença ainda, estou com pontas bem castigadas. Eu só parei de usar por dois motivos: 1- viajei, vim para o sonho dos produtos orgânicos, então meu duro trabalho aqui, está sendo experimentar menos química, rs! 2- acabou.

O bom do So Pure é que vende no Brasil, diferente de todos os produtos que to conhecendo nessa minha viagem e que depois para continuar usando, dependo da boa vontade de outro viajante, rs! Quem tiver interesse pode achar na Beleza Orgânica, foi inclusive ela que nos recomendou o So Pure. (obrigada! <3) É uma loja online, onde vocês vão encontrar muitas outras marcas e opções orgânicas, vale a pena olhar!!!

Acabei de lembrar, que nós (eu e Julia, é claro, rs!) fizemos um tratamento capilar So Pure ano passado, com a nossa Mestra da Juba Rose Felix, dá pra ver o processo todinho em vídeo, vi agora e deu muita vontade fazer de novo! (só clicar aqui)

E voilá, mais saúde na cabeça, nos corpos e nos cabelos, se nós não mudarmos nosso jeito de pensar e agir, a indústria também não vai mudar, e continuará  nos vendendo veneno. Pra vocês verem que eu não estou exagerando, deixo aqui um mini-documentário sobre a história dos cosméticos, é imperdível!

terça-feira

13

janeiro 2015

4

COMMENTS

Voltando ao “normal”: um diário do último dia colorido

Written by , Posted in HAIRDRAMAS, Mestres das Jubas

cabeça colorida

Por Diana Herzog

Rio de Janeiro, 22 de Novembro de 2014.

Eu estou aqui contando os minutos ou tentando não contar os minutos para voltar ao “normal”. Estou realmente com o coração apertado e um medo enorme de me ver loira ou morena (ainda não sei a cor que vou colocar) e não me reconhecer, não gostar mais. Sinto isso de verdade. Esses dois meses de cor foram únicos, nunca mudei tantas vezes de colorido, eu explico: o rosa ou o azul, enfim o colorido, você coloca, mas sai todo dia um pouquinho no banho, então todo dia é diferente, todo dia eu me via com um novo tom. As pessoas não entendem, porque realmente, se você parar para pensar, ter o cabelo rosa já é “esquisito”, mas é realmente uma experiência um dia ter ele rosa, outro dia ter roxo, rosa claro, rosa branco, depois rosa pink, enfim… cada dia uma cor, um tom, cada dia um encontro comigo mesma. E cabelo é realmente isso, ele muda a gente, ele muda a gente de fora para dentro, e agora pensando bem de dentro para fora. Mas é isso, durante esses dois meses me senti outra, mais segura, mais interessante, e na maioria das vezes não lembrava de estar “diferente”, porque assim, não sei vocês, mas eu não ando com espelho na mão, rs! Então a minha sensação, meu diálogo comigo mesma e com o mundo mudou por causa da cor, apesar de muitas vezes estar “colorida” não passava pelo meu pensamento, mas não sei, acho que eu já era outra. E agora o medo de mudar, de voltar, de não me encontrar mais, de não conseguir mais enxergar essa Diana que eu conheci nos últimos dois meses. Eu imagino que deve ter gente achando que a cor me deixou um pouco esquizofrênica, lendo esse texto, rs, mas é o que eu estou sentindo e é estranho. Será que essa Diana vai continuar por aqui mesmo sem cor, será que eu me conectei com um lado que eu não conhecia e agora ele vai me acompanhar independentemente do cabelo? Ou será que vai embora no primeiro segundo em que me olhar no espelho sem o rosa.

Eu imagino também que deve ter gente pensando, nossa quanto superficialidade, é só aparência, a superfície, blá blá blá… Mas a sensação que eu tenho, é que é alma, e não é a toa que eu e Julia criamos esse blog, porque cabelo é transformador, cabelo é energia. Mesmo! Enfim… muitas coisas, muitos sentimentos… deixo o computador agora para me arrumar, pegar minha bike, meu capacete rosa (que será minha única maneira de ter o rosa na cabeça, rs) e voar para o salão para encontrar com o nosso super querido e talentos Alê Carvalho (mestre da juba) e me reencontrar ou me desencontrar.

voltando ao normal

Antes e depois… a cara da felicidade (só que não) logo antes de sair de casa pra tirar o roxo, rsrs!

cabeça colorida

Vida em cores!

terça-feira

9

dezembro 2014

0

COMMENTS

Barbearia está de volta! Esse é só para os homens ou para as mulheres dos homens, rs!

Written by , Posted in DESATANDO OS NÓS, Hairdrama masculino, HAIRDRAMAS, LOOKS, PRODUTOS

P1060526

 

P1060526

No studio da Carla.

As barbearias estão de volta! Já faz muito tempo que saiu de moda homem querer cuidar do próprio cabelo, inclusive não só saiu de moda como virou uma opressão, homem cuidando do cabelo… só careca. Virou cool, homem dizer que não faz nada no cabelo, que paga $5 reais pra cortar ou que não lembra a última vez que penteou. Ah! Queremos deixar claro que também gostamos desse estilo bagunçado, mas só isso como opção e ditadura capilar masculina fica beeem chato. Tem que haver espaço pra tudo, e a verdade é que os espaços pra cortes masculinos foram aos poucos diminuindo… o barbeiro… só aquele mesmo antigo que cortava o cabelo  do meu avô.

E ainda bem que isso tudo vem mudando, lá em NY já é moda há muito tempo, nós nem sabemos se chegou a sair de moda, mas por aqui sim, saiu, mas graças a deus estamos sendo contagiados. Ainda temos poucas opções, exceto São Paulo que está cheio de barbearias, fizemos uma pesquisa rápida e o que não falta é lugar bacana, estiloso, retrô, que oferecem várias coisas, entre elas até um bar com inúmeros rótulos de cervejas importadas. Deu muita vontade de ir, tipo agora! Mas como moramos no Rio não rola, né. Por aqui a coisa ainda é fraca, tem um ou outro dentro de shopping e não tão charmosos como os de SP. Mas do jeito que coisa tá indo rápido, já já aparece um. O que temos aqui é o Studio da Carla Biriba, maquiadora e hairstylist incrível (super especiliazada em corte masculino, poderíamos até dizer que ela é barbeira, rs!) que já deu dicas sobre cachos pro blog. P1060540 Eu, Diana, fui acompanhar o meu marido Luiz André Alvim, cortar o cabelo com a Carla. E foi demais, ela cortou o cabelo dele lindamente, dá pra ver no vídeo, e nós amamos o resultado, e eu não estou exagerando, a última vez que ele curtiu um corte, foi numa barbearia no Brooklyn que inclusive virou até post. O marido da Carla, o Ciro Luporini acabou de voltar de Londres, onde foi estudar barbearia, e agora já está atendendo os homens do Rio. Então quer dizer, temos uma power couple liderando esse movimento aqui na cidade maravilhosa. Em BH, interior de São Paulo, Curitiba, Brasilia, também tem barbearias, enfim… dêem uma busca na internet, talvez achem uma opção perto, e se ainda não tiver nenhuma… olha aí, um bom negócio pra começar, rs!

A coisa tá ficando tão, tão na moda, que a Axe acabou de lançar a Matte Effect, uma linha de produtos só pra cabelos, com cera modeladora, spray, etc… é uma beleza, a Carla usou no Luiz André, inclusive foi ela que nos deu a dica. axe

Então gente o que fica é, homens com cabelos modelados, bem cortados e estilosos estão back in, e nós estamos felizes da vida, porque também gostamos desse look mais urbano e retrô. Mas o mais importante disso tudo é: o homem poder se sentir a vontade pra fazer o que quiser e usar o cabelo como bem entender, sem ser taxado de nomes – cá pra nós, preconceituosos, equivocados e desnecessários.

Partiu barbearia!

São Paulo liderando a tendência:

barbearia 9 de julho_

Barbearia 9 de Julho, das pioneiras em São Paulo

retro hair 2_

Retrô Hair no espaço também tem um salão de beleza feminino.

barbearia corleone

A Barbearia Corleone é a que tem um cardápio extenso de cervejas importadas.

 

terça-feira

25

novembro 2014

0

COMMENTS

Tutorial: coque ballet fitness com Betina Dantas.

Written by , Posted in LOOKS, NO CLIMA BALLET FITNESS, Tutorial

P1060556

Para fazer ballet fitness sem um fio fora do lugar.


Como prometido, continuamos no assunto ballet. O primeiro post foi sobre o  Espaço Vibre e o ballet fitness. Então, depois  de conhecer a modalidade e um lugar para pratica-lá, agora é vez do cabelo. Como usar o cabelo no ballet fitness? São várias possibilidades, mas a clássica é o coque, afinal  é o penteado da bailarina, e como quem prática ballet fitness não precisa ser uma bailarina, fizemos dois tutoriais de coques facílimos, que você pode fazer em 1 minuto. Esse é o primeiro e quem ensina é a criadora dessa dança/prática tão deliciosa, a bailarina Betina Dantas. Esse coque é lindo! E gente, é penteado pra sair de noite, de dia, no ballet, enfim… é penteado pra vida!

É isso! Mão na massa! Ops, mão na juba!

 

quarta-feira

19

novembro 2014

0

COMMENTS

Espaço Vibre e Ballet Fitness… Amor à primeira vista

Written by , Posted in NO CLIMA BALLET FITNESS, Parcerias

IMG_2199


Bom, quem nos acompanha no instagram, já deve ter percebido o nosso caso de amor com o ballet fitness e com o Espaço Vibre. Trata-se de uma casa delícia em Ipanema, que oferece diversas aulas incríveis, desde muy thai, passando pela yoga e ballet, e até dança materna. O Espaço Vibre nasceu da parceria entre a economista Tatiana Cunha e a bailarina Luiza Contentino, a primeira morou 1 ano na Califórnia onde frequentou espaços que inspiraram o que hoje é o Vibre – espaços que focam mais no bem estar do que na formação técnica do aluno, e a segunda é formada em ballet clássico pela Dallas Achcar, integrou durante 10 anos a Companhia de Dança Deborah Colker e mais tarde, assumiu a direção pedagógica do CMDC (Centro de Movimento Deborah Colker) durante 2 anos. Elas nos convidaram para fazer um aulão de ballet fitness com a Betina Dantas, ô sorte!, e o resto é só amor!
A Betina tem o Studio BeFit em São Paulo, onde ela dá aulas, mas volta e meia vem aqui pro Rio para dar seu famoso aulão e tirar o couro da mulherada, rs! No Espaço Vibre, todas as professoras do ballet fitness foram treinadas por ela e seguem o método oficial, é importante ressaltar esse detalhe, sim tem o ballet fitness oficial, os outros são cópias, então é importante se informar antes de se matricular. Desde que fizemos o aulão, não paramos mais, realmente nos apaixonamos pelo espaço e pela “dança/workout”. E o amor foi tanto que resultou no início de uma parceria entre o Hairdrama e o Espaço Vibre, parceria essa, que tem nos deixado muito felizes e claro cada vez mais firmes e fortes, e juramos gente, já estamos sentindo diferença nos nossos corpos e almas.
Esse vídeo (meio mambembe, sorry) que fizemos, foi desse encontro com a Betina. Quanto mais a gente se empolgava com as novidades, mais nos perdíamos na hora de gravar. Mas é assim né, quando se vive algo realmente diferente e excitante, ou vive ou registra, os dois ao mesmo tempo fica um pouco complicado e atrapalhado, como foi no nosso caso. Estávamos deslumbradas com o espaço, felizes com a aula que tínhamos acabado de fazer, nos deliciando com os sucos prensados da Amì, além de granola e sorvete de whey protein, animadas com o look que ganhamos da Memo e da 2peace2dance , e com os presentinhos da Rogger Gallet, ou seja, muitas emoções, rs!
Bom, pra quem mora aqui no Rio, super vale a pena dar um pulo lá no Espaço Vibre para conhecer, e deixamos a grade pra vocês terem uma noção do que estamos falando, é muita delícia junto!

Ah! Gente tá aqui por último, mas não achem que esquecemos da estrela desse blog – cabelo. Nos inspiramos, então fiquem ligadas porque vem por aí tutorias de coques pra usar no ballet fitness e na vida, e uma dica da linha de produtos perfeitos pra quem quer controlar a juba toda no coque, ou simplesmente se livrar do frizz – vai só uma pistinha antes do post, é o último lançamento da Kérastase e a Betina Dantas é embaixadora da linha no Brasil!!!
grade

 

E aqui algumas fotos do dia!

IMG_2234

Nós duas de look Memo

P1060551

Essa é a dupla responsável por essa belezura de espaço – Luiza Contentino e Tatiana Cunha.

 

IMG_2199

Primas no meio Ingrid e Betina e hairdrama nas pontas.

 

P1060553

Com Sofia e Astrid Guimarães. Essas já conheciam bem o ballet fitness!

 

IMG_2178

quarta-feira

5

novembro 2014

0

COMMENTS

Aline Fanju – Mudando de personagem em um final de semana ou Hairdrama

Written by , Posted in Convidados, TROCA TROCA - PERSONAGENS

foto 1 (1)_Fotor_Collage

Por Aline Fanju

foto 1 (1)_Fotor_Collage

Meu hairdrama começou quando soube das datas de dois trabalhos que iria fazer. Gravaria a série “Refém” do canal da web Porta dos fundos até o fim de tarde de um sábado e começaria a gravar a série “Questão de família” do GNT cedíssimo na segunda seguinte! Estaria tudo tranquilo, se não fosse o fato de estar gravando uma série com o cabelo castanho e comprido e a série seguinte me querer loira e de cabelos curtos na altura do queixo!!! Eu só teria a noite de sábado e o domingo a tarde pra fazer essa transformação radical! Seria tempo suficiente? E que profissional aceitaria me receber num sábado a noite pra começar uma descoloração dessas?

Liguei para o Anderson Couto pedindo socorro e ele topou a empreitada!

Cheguei no salão Majestic Botofogo as 19:30H do sábado e lá estava o Anderson e sua equipe maravilhosa, prontos pra essa grande jornada noite adentro!

Mostrei algumas referencias de corte e cor pra ele. Uma das referencias que mais gostamos era a preferida da caracterização da série também! Um cabelo belíssimo curto da Cameron Diaz com uma franja longa.  Mas, decidimos que a cor era blondie demais pra mim, que meu cabelo não suportaria e que não combinaria com meu tom de pele. Entendemos também, que o comprimento precisaria ser mais um longbob do que um Chanel, pra caracterização poder mexer nele como bem entendesse sem que ficasse curto demais num babyliss, por exemplo!! Falamos sobre o estilo das mechas, vimos outras referencias e seguimos em frente!

Achei que estava mais preparada, gosto muito de mudanças, mas sou muito apegada a minhas madeixas (leonina, né?) e na primeira tesourada levei um baita susto!!! Era muito cabelo no chão e de repente meu cabelo já tava batendo na altura do ombro!!! Ahhhhhh que nervoso!!!

(Agora só penso que deveria ter guardado o cabelo pra doar… vacilei.)

Anderson me deu um tempo pra respirar, rimos um pouco e ele seguiu cortando, cuidando pra ficar bem descolado e  pra não ficar muito volumoso sobre tudo. Eu tenho muuuuuito cabelo! Ele cortou a franja , depois cortou um pouco mais, um pouco mais ( rs) e partimos pra descoloração!

Ele passou uma porção de instruções pra Vaninha e começamos com os papelotes!

Eu tenho tanto cabelo que quando você acha que tá acabando ainda falta metade!!!! Mas é tanto cabelo mesmo, que quando você tá passado o produto na segunda parte do cabelo já tem que ficar de olho na primeira!

Eles faziam uma coisa engraçada que eu nunca tinha visto! Mediam a temperatura de cada papelote. Se estivesse quente abriam, assopravam e fechavam novamente. Pra proteger o cabelo. Não sei dizer exatamente de quê.

E aí o lance agora era esperar, esperar, esperar, esperar… e ficar de olho vez ou outra na evolução da cor! Meu cabelo tende pro laranja, é preciso ficar atento!

Depois de muitas revistas de celebridades, de fofocas, de moda, concluímos que era hora de lavar.

Lavamos, secamos e não ficamos satisfeitos! A cor teria que estar mais aberta. Teríamos que mexer um pouco na cor da raiz também!! Queríamos um ombrê mais suave e não tão marcado, tão rock’n roll! A personagem pedia outra coisa!

Nessa altura já eram 2h da manhã e recomeçamos tudo!!! No cabelo todo!!! A disposição do Anderson e da equipe foi muito legal! Ele disse que a gente amanheceria lá, e só sairíamos do salão quando estivéssemos satisfeitos!!!

Mais um tanto de revistas, risadas a beça, as meninas da equipe perdendo definitivamente a balada delas de sábado na lapa, algumas cervejas e bolinhos de carne do Manolo e chegou a hora de secar e dar mais uma olhada!!! Ainda de cabelo molhado, tonalizamos e hidratamos!

Fomos secar pra ver a cor! Era muito engraçado! Tenho cabelo pra 3 cabeças (volto a dizer…) e então eram várias pessoas secando o meu cabelo pra ganharmos tempo!!!

Mas aí… Ufa!

Finalmente chegamos no que queríamos! A cor estava linda! Uma raiz esfumaçada linda e natural!

Eba!

Anderson ainda quis dar uns retoques no corte e voilá!

A Thaís de “Questão de família” tava nascendo!!!

Amei o resultado!

Chamamos um táxi e lá estava eu abraçando todos muito agradecida e exausta as 5h da manhã saindo do salão!!!

Eles arrasaram!

A galera da série aprovou o resultado, ficaram super felizes!

Na semana seguinte fiz 1 hidratação com a Joana Prudente no salão Crystal hair com a linha Joico e gostei pra caramba! E uso em casa a linha Penetrait da sebastian que salva a vida, também!

Em breve vou ter que usar um shampoo desses violetas pra tirar o amarelado, mas ainda não descobri que marca é a mais bacana! Aceito sugestões, inclusive! Rs

Agora é tratar pra caramba, porque cabelo descolorido não é fácil, e ver nas telinhas o resultado em abril do ano que vem quando a série estrear!!!

Mudanças são sempre emocionantes, felizes e trazem frescor quando estamos cercadas de profissionais bacanas, né?!

AGORA AS FOTOS!!!

Captura de Tela 2014-11-05 às 12.51.04

Referencia Cameron Diaz

foto 1 (1)

Como eu cheguei.

foto 2 (1)

Adeus cabelo!!

foto 3

Primeira etapa – corte – concluída. Ah! E esse é o Anderson!

foto 5

Equipe a mil, pra dar conta de tanto cabelo!

foto 2 (3)

Pronta começar a esperar…

foto 3 (2)

Esperando… olha aí o bolinho de carne do Manolo.

 

foto 2 (4)_Fotor_Collage

E voilá! Com e sem franja!

foto 1 (2)

Equipe Majestic toda reunida!

foto 5 (2)

Eu e o Anderson.

fanju produtos

Linha Penetrait da Sebastian que falei.

Olha a Thaís aí! Com e sem cachos!

Olha a Thaís aí! Com e sem cachos!

 

 

quarta-feira

22

outubro 2014

0

COMMENTS

Tutorial penteado com tranças com Loeni Mazzei

Written by , Posted in LOOKS, Tutorial

P1060145

A Loeni Mazzei ensina um penteado facílimo de fazer, basta ter cabelo comprido e saber fazer trança. É super romântico, funciona tanto pra usar num jantar num clima verão com vestido esvoaçante, ou mesmo num casamento. Nosso sonho era poder fazer na gente, mas como não podemos compartilhamos com vocês, nos representem por favor. E novamente nossa amiga e cabeluda Janaina Moura é a modelo e ficou linda com o penteado.

P1060145 P1060147

quinta-feira

16

outubro 2014

0

COMMENTS

Um corte transforma uma vida – Renata Guida e a sua franja.

Written by , Posted in HAIRDRAMAS, TROCA TROCA - PERSONAGENS

guida rita lee

“Une femme qui se coupe les cheveux est une femme qui s’apprête à changer de vie”

guida rita lee

De Rita Lee – de chapéu com aplique. Sem chapéu pós-corte.

Nunca essa máxima de Coco Chanel fez tanto sentido pra mim como quando eu cortei minha franja. Cortar a franja não foi uma escolha minha, pelo contrário, eu fiz tudo o que pude pra evitar. Mas pra interpretar a Rita Lee no filme “Tim Maia” que estreia agora dia 30 de Outubro, a visagista da equipe me informou que eu teria que cortá-la.. Eu prontamente liguei para uma grande amiga cabeleireira e perguntei onde poderia achar um ótimo aplique de franja aqui no Rio de Janeiro. Ela me indicou a Tonicha em Copacabana e lá fui eu, correndo atrás do que seria minha salvação. Felizmente encontrei o tal aplique, testei, aprendi a colocar e ficou ótimo. Voltei a ficar tranquila convencida de que a visagista adoraria minha idéia. Cheguei no dia da prova de cabelo e maquiagem toda feliz com meu aplique na mão e contando do meu maravilhoso achado quando a visagista olhou pra mim seriamente e disse: “- Querida, não adianta. Você vai ter que cortar a franja”. Frio na barriga e só me restava aceitar.

O aplique e com aplique.

O aplique e com aplique.

Cabelo de atriz é assim mesmo, não tem vontade própria, e me veio uma retrospectiva de tudo o que meu cabelo tinha passado até então: Cheguei ao Rio de Janeiro com ele virgenzinho, loiro acinzentado. Quando fui aprovada para a peça “Clandestinos” o diretor João Falcão me pediu para ficar ruiva. Mas não um ruivinho fogo claro, um ruivo vinho, bem forte.

Ruiva para o "Clandestinos"

Ruiva para o “Clandestinos”

guida jim 2

Na peça Jim

Chorei na cadeira do cabeleireiro, que depois de ver meu cabelo pintado me disse pra eu ficar feliz, pois eu tinha a alma ruiva e ele tinha revelado isso pra mim. O ruivo vinho impactou e eu acabei gostando, mas não durou muito porque desbotava rápido no meu cabelo claro. Mantive ele por cerca de um ano e depois nos outros dois anos da peça (sim, ela ficou aproximadamente 3 anos em cartaz) adotei o ruivo claro dourado, mais natural.  Quando fomos gravar a série homônima na Rede Globo, a visagista decidiu que meu tom deveria ser castanho escuro. Pintamos, mas como o ruivo já estava há muito tempo e não saía com facilidade, o cabelo escureceu mas continuou avermelhado. Depois da série, peguei um outro trabalho em que queriam meu cabelo bem loiro, tive que descolorir muito pra poder tirar o castanho e o ruivo, e voltar a ser loira. Num mesmo ano eu tinha sido ruiva, castanha e loira! E meu cabelo ficara destruído. Demorou um bom tempo pra ele se recuperar. Lembrando de tudo isso enquanto aguardava o corte pensei: “O que é uma franja perto de tudo que o pobrezinho do meu cabelo já passou? Ok, vamos lá!” E a visagista cortou minha franja. Mas não era uma franjinha simples. Era uma franja enorme bem estilo 70’s . Me assustei quando olhei no espelho. Eu tinha gostado bastante, mas não me reconhecia de jeito nenhum. Quem era aquela pessoa franjuda? Foi muito estranho. Junto com as filmagens engatei uma peça nova na qual eu faria Pamela Courson, companheira do Jim Morrison.   A franja em estilo 70’s caiu como uma luva. E foi uma época realmente de mudanças, de experimentar outra(s) Renata(s) e outras possibilidades de energia tanto no palco e diante das câmeras quanto na vida.  Artisticamente encontrei outros lugares, que obviamente não resultaram só da franja, mas que sim, foram contaminados por ela. Pude explorar um lado mais sensual, que até então não tinha aparecido em trabalhos anteriores. Eu nunca achei que uma franja pudesse transformar tanta coisa. Quando vi a Diana com o cabelo rosa e os trabalhos recentes que ela fez com o mesmo, tive que comentar com ela sobre a potência real dessas mudanças. Eu vi no clipe da música Don’t Swim do Keaton Henson uma Diana que eu nunca tinha visto, e é claro que essa Diana já existia e pulsava, mas que o cabelo rosa ajudou bastante, disso eu não tenho dúvidas. Respeito muito esse pensamento do Oscar Wilde em “O Retrato de Dorian Gray”: “ Só as pessoas frívolas é que não julgam pelas aparências. O verdadeiro mistério do mundo é o visível e não o invisível… ”  Um viva para as mudanças visíveis!! E que elas continuem colaborando com as mudanças mais profundas, sutis e invisíveis!

guida jim

Também na peça Jim

foto(1)

Antes da franja.

foto(7)

Castanho para o seriado “Clandestinos”